Karatara: Composição do ambiente, 2019. Acrílico sobre tela, 82.5 x 117.5cm.

não é o que eu vejo

Nina Holmes é uma artista que vive na Cidade do Cabo e já participou de muitas exposições coletivas na Cidade do Cabo e arredores. Alguns dos programas em que apresentou sua arte são 'She is the Masterpiece' na Nova Constantia (2010)"Lugares interessantes 'na Casa Boho em Kalk Bay (2013) e' Respire 'na galeria Eclectica Contemporary (2019). Ela também teve uma exposição individual intitulada 'Un / Safe' na galeria Eclectica Contemporary (2018). Nina Holmes fez cursos de arte com Paul Birchall (2013) e Emily Ball (2015-2018) e recebeu uma distinção em um diploma de pós-graduação na Universidade da Cidade do Cabo em 2017.

Nina Holmes, Homage, 2019. Técnica mista sobre tela, 52 x 72cm. A imagem foi cortesia do artista.Nina Holmes, Homenagem, 2019. Técnica mista sobre tela, 52 x 72cm. A imagem foi cortesia do artista.

Última exposição individual de Nina Holmes 'não é o que eu vejo ' é o produto de um estudo intenso de três dias nas florestas ao redor de Karatara, a meia hora de carro fora de Knysna, observando a paisagem tradicional da região. Foi durante esse estudo intensivo que ela experimentou as 'dualidades simultâneas da natureza', da 'aparente serenidade preguiçosa da vida agreste da fazenda' comparada ao 'sol forte batendo, as rajadas de vento inesperadas, os mosquitos enxameando, a chuva forte e dificuldade de arrastar equipamentos em terreno hostil '. Ao voltar para a Cidade do Cabo, ela aproveitou sua experiência de estar lá e o que ela sentiu junto com o que viu, portanto, sua arte tornou-se uma representação tanto do visual quanto do emocional:

Karatara: Composição do ambiente, 2019. Acrílico sobre tela, 82.5 x 117.5cm.Karatara: Composição Ambiental, 2019. Acrílico sobre tela, 82.5 x 117.5cm.

“Queria tornar visual o que tinha ouvido, marcar a qualidade tátil do solo, a nitidez dos galhos, a irritação das formigas. Eu queria colorir os cheiros, recolocar o molde úmido da terra e sentir a delicadeza e a confusão de galhos que se cruzam. ”

Silenciado, 2019. Acrílico sobre papel, 47 x 35cm.em surdina, 2019. Acrílico sobre papel, 47 x 35cm.

Trabalhar em grandes telas com acrílico permitiu que Holmes recapturasse vastas paisagens e elementos do local. Inspirada por Fabienne Verdier, ela colou uma grande tela no chão e pintou-a de uma perspectiva aérea. Em suas próprias palavras, ela descreve as intenções por trás do título de seu show: “Não é o que eu vejo; Tentei olhar para cada obra e realmente sentir o que a pintura precisa e deseja, em vez de sobrepor qualquer ideia de um resultado preconcebido. Tentei ficar confortável em não saber. ”

A exposição de Nina Holmes, 'não é o que eu vejo' está agora em exibição na Eclectica Contemporary, 69 Burg Street, Cidade do Cabo, até 30 de setembro